• Grupo Zenobini

CDL Rio Grande e São José do Norte defende transparência e regulamentação para transporte aquaviário



A CDL Rio Grande e São José do Norte desde segunda-feira, 14, está acompanhando os desdobramentos do anúncio do aumento da tarifa do transporte de lancha que realiza a ligação entre os dois municípios. A CDL se posiciona no sentido de que é necessário e urgente garantir mais transparência ao processo de análise para majoração de valores pelo órgão regulador, bem como, que fique claro a quem está atribuída a regulação e fiscalização de valores cobrados e escalonamento de horários ofertados por esse tipo de serviço.


Ao longo da semana, a CDL vem realizando contatos com as Prefeituras da cidade do Rio Grande e São José do Norte a fim de buscar o comprometimento dos prefeitos na busca por uma solução equilibrada. Nenhum serviço funciona sem que os custos estejam ajustados às receitas. Contudo, como serviço de interesse público, essencial e principal forma de ligação entre as duas cidades é imperativo que se tenha o máximo de transparência para a questão.


Além disso, a CDL buscou o contato direto com a Superintendência dos Portos do Rio Grande do Sul para que, através do Governo do Estado do RS, encontre uma alternativa para a regulação tendo em vista que já existe um posicionamento sobre essa transferência em andamento. Cabe ao Governo do Estado, por fim, tomar atitudes enérgicas para garantir junto aos órgãos federais os devidos esclarecimentos.

Cabe ressaltar que um aumento tarifário brusco do sistema de transporte por lancha entre Rio Grande e São José do Norte poderá impactar no desenvolvimento econômico e turístico das duas cidades. Afinal, empregos podem vir a ser prejudicados e até mesmo perdidos nesse processo.


Portanto, a CDL Rio Grande e São José do Norte pede aos órgãos públicos que sejam rápidos e transparentes com a sociedade para que possamos ter um transporte digno, ágil e de qualidade.

2 visualizações0 comentário