• André Zenobini

NOTA DE REFLEXÃO* - Subseção Rio Grande

A OAB – Subseção do Rio Grande, na passagem do Mês da Advocacia 2019, conclama a sociedade rio-grandina a refletir sobre as dificuldades que são enfrentadas no cotidiano da advocacia, estendidas, por consequência, a todos os jurisdicionados.


Dificuldades essas que estão, diretamente, relacionadas à morosidade do Poder Judiciário, o que afeta significativamente o trabalho da advocacia e desperta na sociedade uma sensação de ineficiência do advogado além de um sentimento de inexistência de justiça, pois se ela é tardia, é como se não existisse.

A implantação do processo eletrônico, aposta do Poder Judiciário para reduzir a morosidade, não pode deixar de lado a necessidade de que sejam completados os quadros de servidores, principal carência notada nos dias atuais.


O exercício da advocacia, indispensável à administração da Justiça, passa pela necessária obtenção de resultados práticos em tempo razoável de tramitação dos processos, o que não está sendo alcançado atualmente em razão dos embaraços provocados pela diminuição do número de servidores nas unidades judiciárias.


É necessário que as administrações dos Tribunais voltem seu olhar para os problemas de estrutura e de preenchimento de cargos vagos, o que, ainda que não solucione por completo o problema, certamente trará uma grande melhora. Resistir a esse quadro caótico, que já vem de longos anos, já não se mostra mais suficiente. É necessário também que a advocacia e a sociedade se unam para buscar que esses problemas sejam minimizados e solucionados definitivamente.



*Por Everton Pereira de Mattos

Presidente da OAB Subseção Rio Grande 

0 visualização
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube

Rio Grande - RS - Brasil © 2020 por 

Grupo Zenobini - Assessoria e Mídia

CNPJ: 29.654.842/0001-49

Desenvolvido por 1060 Logos