• Grupo Zenobini

Painel A Hora da Virada consolidou otimismo para o ano de 2022



A noite do dia 17 de fevereiro, em Rio Grande, foi marcada com a realização do primeiro grande evento empresarial do ano. O painel “A Hora da Virada” foi promovido pela Câmara de Dirigentes Lojistas do Rio Grande e São José do Norte e aconteceu na Sociedade Amigos do Cassino. Como debatedores estiveram a jornalista e colunista multimídia de Economia do Grupo RBS, Giane Guerra, o fundador da Associação Gaúcha para o Desenvolvimento do Varejo, Vilson Noer e o superintendente dos Portos do RS, Fernando Estima.


Durante a abertura, o presidente da CDL, Marcelo Valente, destacou a importância dos novos projetos que foram confirmados na região. "A CDL desejou muito a noite de hoje. Uma noite para darmos o pontapé inicial numa nova fase da nossa cidade e região. Conseguimos. Fomos brindados com o anúncio da licença ambiental do maior empreendimento da história do Estado do Rio Grande do Sul. Um empreendimento perene que garantirá o desenvolvimento para toda região", disse ele sobre a emissão das licenças ambientais para UTE Rio Grande.


O presidente Valente ainda comentou sobre a participação ativa da entidade na vida da cidade e na promoção dos grandes projetos de desenvolvimento econômico e turístico. "Os eventos do ano de 2022 começam hoje e seguem até o Festival do Mar, que estamos organizando para novembro deste ano", concluiu. O coordenador do Festimar, Renato Silveira, ressaltou que o evento surge para reafirmar que Rio Grande e região são um verdadeiro mar de oportunidades.


Durante sua fala, Giane Guerra apresentou o cenário macroeconômico para o ano de 2022. Entre eles, ela destaca alguns como principais a serem superados: inflação; juro; dólar; eleições; logística e estiagem. Algumas oportunidades, segundo ela, estão no radar com os aprendizados obtidos na pandemia e nessa passagem ao digital e os investimentos privados que estão saindo das gavetas e ganhando mercado. Da NRF, em Nova York, Giane trouxe a visão de que é preciso que o comércio incorpore funções do físico, digital, canais de comunicação, criando uma experiência ao consumidor.


No contexto local, Giane Guerra definiu que o projeto da UTE Rio Grande é a grande hora da virada da metade sul. "Ouvindo o Estima e o Prefeito, fui contagiada por esse sentimento de que esse é o grande projeto para a região", salientou ela. Já Vilson Noer, fundador da AGV, trouxe a fala do positivismo e do otimismo para Rio Grande. Segundo ele, o digital oferece oportunidades únicas para o comércio, "um funcionário com 150 clientes em potencial ao mesmo tempo em uma live. Isso é fantástico", ressaltou ele.


Por fim, o superintendente dos portos gaúchos, Fernando Estima concluiu que "precisamos direcionar esforços para onde faz sentido tecnicamente o desenvolvimento de projetos. Vamos parar de falar em outros portos e direcionar esforços para ocupar as áreas em Rio Grande, na margem de São José do Norte e na extensão da Lagoa dos Patos", defendeu ele. Por fim, o painel A Hora da Virada também foi um grande momento de confraternização e networking entre os presentes.


Diversas autoridades acompanharam o painel, entre elas, o prefeito do Rio Grande, Fábio Branco, o deputado federal Marcel Van Hatten, o presidente da Associação Gaúcha para o Desenvolvimento do Varejo, Sérgio Galbinski, o reitor da Universidade Federal do Rio Grande, Danilo Giroldo, o diretor do Foro da Subseção Judiciária do Rio Grande da Justiça Federal, juiz Sérgio Renato Tejada Garcia, a delegada regional da Polícia Civil, Ligia Furlaneto, além de vereadores, secretários, presidentes e vice-presidentes de entidades de classe. O Painel A Hora da Virada teve o patrocínio de Portos RS - Governo do Rio Grande do Sul; CTIL; Yara Brasil; Unicred; Rek Pay e; Grupo RBS.

0 visualização0 comentário